Atualizando informações ...

Mectimax Ivermectina 12 Mg Para Cães - 4 Comprimidos

Marca: Agener

Não disponível

Enviar
Avise-me quando estiver disponível
Descrição Geral
Mectimax

Ivermectina

 
- Endectocida em comprimido para cães;
- Comprimido palatáveis e bissulcados;
- Ação sistêmica, age em todo o organismo.
 
Uso oral, indicado somente para cães, antiparasitario, cartela com 4 comprimidos. 
Tratamento das sarnas e verminoses (Ancylostoma caninum, A. braziliense, A. tubaeforme, Uncinaria stenocephala, Capillaria spp., Trichuris vulpis, Toxocara canis, Toxascaris leonina e Strongyloides spp.) em ca?es.
Facilita o tratamento em ambientes com va?rios animais
Ac?a?o siste?mica, atua em todo o organismo
Dispensa os banhos acaricidas
Fa?cil administrac?a?o
 
Posologia e modo de usar:
Para o controle das verminoses, sarna sarcóptica, otoacaríase e infestações por Cheyletiella, administrar 0,2
mg/kg, o que corresponde a 1 comprimido para cada 60 kg de peso vivo, em dose única. Doses de até 0,4
mg/kg (1 comprimido para cada 30 kg) poderão ser fornecidas para o combate desses parasitas, a critério
do médico veterinário. Recomenda-se repetir a dose a cada 7 dias, em um total de 2 a 4 administrações.
Todos os contactantes dos animais com ectoparasitoses deverão ser tratados. No esquema terapêutico
contra a otoacaríase, não é necessária a associação de um agente otológico acaricida. Nas infestações
por Cheyletiella, deve-se utilizar no ambiente um parasiticida, após a sua limpeza.
Para o tratamento da demodicidose generalizada, recomenda-se a dose de 0,5 mg/kg de peso, o que
equivale a 1 comprimido para cada 24 kg, a cada 24 horas, durante 2 a 3 meses. Doses de até 0,6 mg/kg
(1 comprimido para cada 20 kg de peso vivo) poderão ser fornecidas para o combate desses parasitas, a
critério do médico veterinário. Recomenda-se o acompanhamento do animal até a obtenção de resultados
negativos no exame parasitológico do raspado cutâneo ou do histopatológico.
Para a terapia microfilaricida em cães, a dose recomendada é de 0,05 mg/kg, o que equivale a 1/4 comprimido
para cada 60 kg de peso vivo. O tratamento geralmente é realizado em 3 a 6 semanas após o término
da terapia adulticida. Apesar de ocorrer uma rápida eliminação das microfilárias, os cães deverão ser
testados novamente após 2 semanas e uma nova terapia poderá ser realizada até que não se evidencie
mais a presença dos parasitas. Recomenda-se que o animal seja monitorado durante 8 horas após a terapia
para a observação de possíveis reações adversas resultantes da rápida eliminação das microfilárias. Um
benefício adicional do produto é a sua atividade preventiva contra a dirofilariose, devendo ser realizados
testes diagnósticos prévios que confirmem que o animal não apresenta a doença.
 
 
Contraindicações:
Por ser potencialmente tóxico, o produto não deve ser utilizado em cães das raças Collie, Pastor de Shetland, Border Collie, Old English Sheepdog, Australian Sheepherd (Pastor-australiano) e nos cruzamentos destas raças.
O uso do produto deve ser cauteloso nas raças Galgo Afegão, Saluki, Whippet, Greyhound, Samoyeda, Pastor-alemão (principalmente o Pastor-alemão de pelo branco), Silken Windhound, McNab, Wäller, Bearded Collie, Australian Cattle Dog e nos cruzamentos dessas raças pois há relatos de toxicidade pela ivermectina.
Embora de ocorrência rara, pode haver sensibilidade individual à ivermectina em raças de cães não-descritas anteriormente.
O produto é contraindicado para filhotes de qualquer raça com menos de 6 semanas de vida e em cadelas em período de gestação ou lactação.
Avaliações

Produtos visualizados

Carregando ...